Tamanho Fonte:

 
Untitled Document

OFF FLIP


Fisicamente pequena, mas imensa na sua vocação cosmopolita, e com expressiva bagagem cultural, Paraty fez expandir a Festa Literária Internacional gerando um Circuito Paralelo de Idéias, a OFF FLIP. O evento nasceu da necessidade de se criar um espaço de integração e manifestação da sociedade local e de expansão de contatos culturais e artísticos durante a Festa Literária, devido à grande demanda por parte de escritores (consagrados e estreantes, de todo o Brasil e até do exterior), de algumas editoras, assim como de representantes de outras linguagens artísticas. A essa procura uniu-se o desejo de oferecer aos visitantes a oportunidade de “beber da nossa água” e conhecer a nossa história.

Um dos principais objetivos do evento é a valorização das tradições da cidade, contribuindo para o seu fortalecimento. Para tanto, a OFF FLIP presenteia aqueles que vêm participar com os vários aspectos do nosso “mix cultural”. Através de um roteiro rico e eclético, os turistas podem se programar para descobrir poetas, artistas plásticos, atores, historiadores, pesquisadores e músicos, além de manifestações religiosas, populares e folclóricas locais de influência indígena, negra e européia.



Visando se inserir melhor no contexto do evento que lhe deu origem, a OFF aprofundou e expandiu sua programação literária, culminando em 2006 com a criação do Prêmio OFF FLIP de Literatura, que privilegiou o gênero poesia. Idealizado pelo escritor e filósofo Ovídio Poli Junior, paulista residente em Paraty, o Prêmio, este ano dedicado ao gênero conto, teve crescimento expressivo, tendo recebido o dobro de inscrições do ano passado: 400 contos vindos de 21 estados brasileiros e de outros 8 países. Outro ponto positivo é que o Prêmio vem incentivando e disseminando o interesse pela leitura entre os moradores de Paraty e através dele, talentos locais têm sido revelados.

Site da Off Flip