Tamanho Fonte:

 
Untitled Document

PARATY-MIRIM


   
         
   

Clique nas fotos para ampliar
       


Paraty-Mirim é o nome de uma praia de Paraty e da comunidade existente nas proximidades. Também é o nome da enseada existente em frente à praia.

Durante o período colonial, o local foi porto de desembarque de escravos. Algumas lembranças desse tempo são a pequena Igreja de Nossa Senhora da Conceição construída em 1746 e ruínas de vários outros casarões. Atualmente existe no local uma vila de pescadores e algumas casas de veraneio na encosta próxima à praia.

A praia é extensa – possui 760 metros – e cortada aproximadamente ao meio pelo rio Paraty-Mirim. Há dois ou três quiosques simples na praia, mas nem sempre estão abertos. O mar em Paraty-Mirim é tranqüilo, apesar de ocorrer ventos fortes ocasionalmente.

A igreja histórica de Paraty-Mirim é uma construção térrea, de linha simples e fachada voltada para o mar. Possui apenas um altar, dedicado a Nossa Senhora da Conceição. Interessante notar que não há uma torre e o espaço para o sino, que está desaparecido, é na lateral externa da igreja, apoiado em uma laje encravada na parede.

Desembocadura do rio Paraty-Mirim na praia. Ao fundo a ilha do Algodão (Foto: Sérgio Pinheiro)


O acesso se dá por estrada de terra que inicia no km 593 da rodovia Rio-Santos. Paraty-Mirim está distante 17,2 km de Paraty por estrada (9,6 km de asfalto mais 7,6 km por terra) ou 8,7 milhas por mar. A estrada de terra para acesso à praia de Paraty-Mirim corta uma reserva indígena e passa por algumas cachoeiras.